Sementes MPAMPA familiaMPA mae e filho

Por Marcio Zonta Do Brasil de Fato

Cerca de dez mil pessoas marcharam nessa quarta   (10) pelas ruas do centro de Lima, em protesto às falácias da COP -20. Camponeses, indígenas, movimentos sociais e sindicatos de vários lugares do mundo participaram da caminhada. Ydelson Hernandes, das Rondas Campesinas de Cajamarca acredita que os acordos finais do encontro internacional das grandes potências do mundo, que ocorre no Peru, não estabelecerão metas reais de controle sobre as mudanças climáticas.

Da Adital

As organizações da CLOC Via Campesina Chile e grupos da sociedade civil organizada estão comemorando a retirada do Projeto de Lei de Proteção de Direitos de Obtentores Vegetais, que ficou amplamente conhecida como ‘Lei Monsanto’. Após intensa reação social neste mês, a presidenta Michelle Bachelet garantiu a retirada do PL e assegurou o desenvolvimento de uma nova lei com a participação dos setores afetados. No ano passado, Michelle já havia dado indícios de que não levaria a votação do PL à frente quando admitiu que ele impactava negativamente a soberania alimentar e a biodiversidade.

 Por Edjane Oliveira*

  O deputado estadual João Daniel (PT) registrou na sessão da Assembleia Legislativa, nesta segunda-feira, dia 31, a reunião realizada entre o governador Jackson Barreto e o Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA), realizada por sua solicitação na última terça-feira, dia 25. O parlamentar disse que 26 lideranças de sete municípios onde está organizado o MPA, movimento que se encontra estruturado há mais de dez anos em Sergipe, entregaram uma pauta de reivindicação ao governador.

O terceiro dia de atividades da I Escola Camponesa da Memória trouxe a colaboração de Sérgio Sauer nos debates sobre o regime ditatorial, oficinas de agitação e propaganda, seguidas de um ato de escracho do Coronel Brilhante Usla (Doi-Codi) organizado pelo Levante Popular da Juventude e de um ato público para relembrar as mortes camponesas durante o período da ditadura no congresso que se seguiu até o Superior Tribunal Federal (STF).

 

A juventude camponesa discute sobre o golpe burgo-militar no país e o campesinato como sujeito de resistência e organização contra o regime deletério imposto a classe trabalhadora. Estiveram presentes colaborando com o debate Milton Pinheiro (UFBA), Gilnei Viana (CNV) e o Embaixador Venezuelano Diego Molero Bellavia abordando a conjuntura Venezuelana.

Aos jovens do Movimento dos Pequenos Agricultores reunidos em Brasília na Escola Camponesa da Memória

  Na impossibilidade de comparecer a esse significativo encontro de mais de 100 jovens de 14 estados do Brasil, mobilizados pelo MPA, envio-lhes calorosa saudação, formulando votos de que a participação nos estudos e debates da Escola da Memória contribua decisivamente para a formação de jovens lideres do movimento camponês em nosso país.

O segundo dia da I Escola Camponesa da Memória é iniciado com o debate ‘Introdução ao Golpe Burgo-Militar’ com assessoria de Milton Pinheiro da Universidade do Estado da Bahia (UNEB). ‘O Brasil, o campesinato não podem esquecer o que se passou em nosso país e nada mais justo que relembrar este fato após 50 anos do golpe’ afirma Milton.

É iniciada a I Escola Camponesa da Memória, cujo objetivo é relembrar o papel do campesinato como sujeito na resistência popular durante os anos de chumbo no país. Estão presentes mais de 100 jovens militantes camponeses do MPA de 13 estados. A escola continuará até o dia 01 de abril em Brasília e conta também com participação do levante popular da juventude, MST e Via Campesina Internacional e Comissão Nacional Verdade (CNV) se somando aos debates sobre este período da história brasileira.

 
Na manha de hoje, 29 de março de 2013, começaram a chegar jovens camponeses dos quatro cantos do Brasil para participar da Escola Camponesa da Memória, promovida pelo Movimento dos Pequenos Agricultores.
 

Páginas

d s t q q s s
 
1
 
2
 
3
 
4
 
5
 
6
 
7
 
8
 
9
 
10
 
11
 
12
 
13
 
14
 
15
 
16
 
17
 
18
 
19
 
20
 
21
 
22
 
23
 
24
 
25
 
26
 
27
 
28
 
29
 
30
 
31
 
 
 
 

Calendário da Luta

Vida e Luta camponesa

Biblioteca

Texto desenvolvido pela CCV que trás memória as atroxidades cometidas durante a ditadura burgo-militar no Brasil contra os camponeses.

     

© Copyright 2011-2012 - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por XPD e JUUZ